Gota a gota


Você passou gota a gota 
Escorreu, oceano sem fim,
E levou consigo o tempo.
Morri de sede em vão
Os olhos à beira-mar.

Talvez seja isso amar
O fugaz eterno vazio,
Quando o sol morre
O dia finda
E o desejo é mais, ainda.

Rio, 28.9.2020.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s