Um quitinete à lá Lévi-Strauss

IMG_0622a

Claude Lévi-Strauss possuía 12 mil livros na biblioteca de sua casa, no 16eme arrondissement, além de objetos de inúmeras culturas coletados por ele e outros etnólogos, a tal ponto que, segundo o pai da antropologia estrutural, ele poderia dar a volta ao mundo sem sair daquela sala. Um mundo não convencional ou turístico, acrescente-se.

DSC_0441

Mil vezes mais modesto, tenho em torno de 1.200 livros, que extrapolam o espaço do quarto-e-sala alugado em Botafogo, onde vivo, e que fazem com que a casa tenha um ar de bagunça estrutural, para continuarmos no universo de nosso antropólogo, morto em 2009, aos 101 anos. Tenho algumas peças etnográficas, como cestos ianomâmi, esteira kaiapó; um pedaço de janela do Museu Nacional, que ia ser queimado, em 1994, devido a uma infestação de cupim (podemos dizer que esta peça escapou duas vezes do fogo…); uma estatueta da Ilha de Páscoa, outra em ébano, da Nigéria, comprada num mercado de pulgas, em Nova York; além de algumas máscaras africanas e uma sandinista.

IMG_0620

Os quadros são de amigos, inclusive alguns raros de Manduka, do artista argentino Norberto Onofre, e fotos e desenhos meus, emoldurados. Mas o grosso é composto de livros, CDs e discos, alguns deles raros.  Enquanto Lévi-Strauss possuía uma escrivaninha situada à esquerda da sala, próximo à janela, eu tenho uma mesa de madeira que serve de escrivaninha e de mesa de jantar, quando recebo os amigos, o que tem ocorrido cada vez mais raramente, já que esses objetos acabaram por ocupar toda a casa, sem que eu percebesse.

É em meio a esse universo sem fim que tenho passado boa parte do meu tempo.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s